Categoria: Dicas
  • Dicas
  • 1 mar 2017

    SORTEIO – A RAINHA VERMELHA

    Ei gente! Tudo bem com vocês?

    Ultimamente estou tão sumida do blog, e postando mais no instagram que acabo esquecendo de compartilhar com vocês alguns detalhes importantes. Bom, desde quando reassumi o blog, estou tendo algumas dificuldades por conta de falta de tempo e também por causa de ressaca literária – sim! sempre sofro disso, haha. Mas confesso que são muitas mudanças em apenas alguns meses de minha vida, e acabei não conseguindo conciliar tudo. Além disso, por mais que eu graças a Deus tenha condições de comprar livros, queria tentar algumas parcerias para o blog para passar uma imagem mais profissional para vocês – porém, todas que me inscrevi, não logrei êxito… e meio que foi um choque de realidade e decepção comigo mesma.

    Sem contar que não estou querendo mais me prender apenas em um blog literário – estou querendo falar de tudo com vocês. Então, queria saber a opinião de vocês sobre isso: não vou mudar o foco literário do blog, só quero poder falar livremente com vocês sobre diversos assuntos – desde livros, filmes, séries, viagens, moda que querendo ou não, são assuntos que me interesso e sou extremamente apaixonada.

    Mas o meu post não foi pra conversar sobre mudanças, e sim sobre um sorteio que está rolando em parceria com o blog Reino da Loucura que é o Blog da GabiÉ um sorteio no instagram. Então, caso você ainda não esteja participando, corre lá no insta do blog @maisumigliterario e procure pela foto oficial do sorteio. 

     

     

    O ganhador irá levar para casa os quatro livros da série A Rainha Vermelha. Então corre lá, leia as regras e participe! <3

     

  • Dicas, Filmes
  • 23 fev 2017

    Memórias de uma gueixa

     

    Ei pessoal! Tudo bem?

    Sei que estou um pouquinho sumida, mas gostaria de mais uma vez pedir desculpas pelo meu sumiço. Confesso que estou em uma puta ressaca literária esses dias. Estou com três livros para terminar, e não consegui concluir nenhum até agora :/ mas prometo que vou me esforçar e trazer resenhas pra vocês. São tantas coisas passando em minha mente ultimamente, e confesso que estou extremamente perdida sobre vários assuntos referentes à minha vida. Mas chega de falar de mim, não é mesmo? Hoje resolvi trazer para vocês uma dica de filme e livro – e depois prometo fazer um post relacionado à livro x filme referente à essa dica de hoje, ok?

    Bom, acredito que minha paixão pela Coréia do Sul não seja uma novidade para vocês, não é mesmo? A dica de hoje não tem a ver com a Coréia em especial (snif), mas sim sobre um país asiático que muitas pessoas acabam tendo curiosidades sobre esse universo. Hoje em dia, por mais que vivenciamos um mundo diferente de 70 a 80 anos atrás, ainda presenciamos cenas de maus tratos covardia estampada contra algumas mulheres – lógico, conseguimos evoluir bastante isso, mas ainda sabemos que precisamos mudar muita coisa.

    Pois bem imaginem só: Japão. Uma cultura totalmente diferente do Brasil, porém com muitas coisas em comum. Sabemos que em grande parte do mundo, o patriarquismo sempre existiu, e pelo menos no Japão, as coisas são um pouco mais complexas que aqui por exemplo – ou já foram, não é mesmo? Mas a questão é: até que ponto vale a disposição de uma mulher para ser alguém em uma sociedade? Vencer preconceitos, vencer o abandono, a falta de uma base familiar – pois infelizmente a nossa protagonista passa por isso. Até que ponto a mesma precisou lutar e chegar para ser reconhecida com um ser humano. O filme traz menções incríveis a cultura misteriosa das gueixas – e para quem não sabe, Gueixas são artistas em movimento, e não prostitutas como muitas pessoas pensam. Somos apresentados à uma criança inocente em seus aspectos, que foi vendida por seus pais para um okiya, uma casa de gueixas.

    Porém, como nem tudo são flores, nossa protagonista passa por muita coisa em sua vida para assim se tornar uma das gueixas mais renomadas de todo o Japão. O principal cenário do filme é sim o universo das gueixas, entretanto, como cenário de fundo, temos o início da Segunda guerra mundial. Por mais que Sayuri acaba se tornando uma das gueixas mais famosas do Japão, a mesma precisa lidar com o egoísmo, inveja, e o desejo de todos os homens mais importantes da época – sendo que seu coração pertence apenas à uma pessoa.

     

    Descobrimos ainda que gueixas não podem se permitir amar. Sim, são artistas que buscam a perfeição, entretanto, não podem amar. São privadas de um dos sentimentos mais lindos e puros que um ser humano pode experimentar em sua existência. Mas ainda assim, se contentam com a bondade – uma vez que algumas já experimentaram tanta maldade.

    E é por isso que esse livro/filme é sem sombra de dúvidas, um dos meus favoritos. Sempre que assisto, choro horrores e não me canso! A história de Sayuri é cativante. Não tem como não se apaixonar e não tem como não torcer por ela até o final. Pra quem está em busca de um filme/livro feliz, peço que entenda o sofrimento e só depois entenderá a felicidade. Além disso, o filme/livro nos trás tantas lições que nossa! Se alguém ainda não assistiu, peço encarecidamente que vá fazer isso, haha.

     

    E vocês? Já leram ou assistiram ao filme? <3

  • Dicas
  • 13 fev 2017

    Relendo Harry Potter <3

    Oi gente! Tudo bem?

    Hoje resolvi compartilhar com vocês uma experiência que três amigos meus e eu estamos começando. Pra quem me conhece, sabe que sou fã de Harry Potter, e assim como eles, nossa paixão pelo universo mágico só tem a crescer. Sendo assim, propus relermos todos os livros – série completa – do mundo mágico criado por J.K Rowling. Com isso, pra quem tem interesse em reler os 7 livros me avisem para quem possamos fazer algo bem organizado.

    Resolvemos que iremos ler três capítulos por dia. Como moramos no Espírito Santo, vamos nos reunir para discutir cada livro lido. Pra quem não mora no Estado, podemos pensar em uma maneira que possa incluí-los nas discussões sobre cada livro. Ninguém sabe disso então:  aqueles que estiverem lendo com a gente, vão concorrer à uma surpresa no final – surpresa apenas no término do 7 livro. 

     

    E então? Ansioso (a)? Prepare-se e vá imediatamente para o Expresso Hogwarts, e embarque com a gente nessa aventura.

  • Dicas
  • 8 fev 2017

    Músicas que não param no meu Spotify

    Ei gente, tudo bem?

    Confesso que estou um pouquinho sumida por conta da correria do dia a dia – comecei a estagiar em uma escritório de advocacia \o/ e confesso: estou quase morrendo! haha

    Ultimamente estou tendo pouquíssimo tempo, pois também estou estudando coreano *-* e revendo questões do inglês e estudando pra OAB, rs. Ou seja, minha vida está uma loucura! E estou com pouco tempo, e peço desculpas desde já para quem acompanha o blog <3 prometo voltar a ser ativa aqui, e com certeza, colocar minhas leituras em dias – preciso, né? Até porquê, o foco do blog é literatura.

    Mas antes de voltar com tudo, resolvi postar minha playlist de Janeiro/Fevereiro. Não sei vocês, mas sou movida por música, além disso, sempre que ouço uma música, acabo criando todo um universo ainda mais particular. Meio que saio totalmente da óbita terrestre, e me vejo em outras dimensões – que? kkk

    Quando ouço músicas que realmente gosto da combinação batida + melodia, dificilmente consigo deixar de ouvi-las com facilidade – e por esse motivo, acabou sendo uma playlist de dois meses mesmo. Então vamos lá?

    Sofia Karlberg – Cover Crazy in Love (Beyoncé)

     

    Com certeza alguém aqui já esteve totalmente apaixonada por esse single da Queen B, não é mesmo? Mas esse cover… em meu ponto de vista, é um dos mais lindos que já ouvi. Não há como negar que a voz dessa mulher é maravilhosa. 

    ”Got me looking so crazy right now, your love’s got me looking so crazy right now (in love).”

     

    Sex Therapy – Robin Thicke 

    Gente! Que voz é essa? Sério. A primeira vez que ouvi essa música, me entreguei por completo. Amo músicas agitadas, mas músicas com essa batida, com essa calmaria, acabam me ganhando.

    ”Só deixe o meu amor te segurar aqui, garota não tenha medo de mim.”

    Wicked Games – The Weeknd 

     

    Mesmo que essa música possa ter algum conteúdo explícito, não consigo deixar de ouvi-lá. Nesse caso, vejo mais o lado desesperado dele de amar a sua garota.

    ”Me escute, eu te darei tudo o que eu tenho me dê tudo isso, eu tenho confiança em mim mesmo.”

    HONNE – Warm on a cold night

     

    Já indiquei essa música para umas 30 pessoas, sério. Pra quem ainda não conhece, dê uma chance à HONNE. Que música é esse, meu amor? Infelizmente associei essa música à uma pessoa – droga – mas espero desassociar rapidamente, pois a música é linda.

    ”Garota, você poderia estar com alguém obrigada por me fazer seu número um.” 

    E então? Vocês já tinham ouvido falar de alguma dessas músicas? Espero realmente que tenham gostado do post, e prometo fazer novas dicas com ótimas músicas para vocês.  Beijos, e até o próximo post!

  • Coréia do Sul, Dicas
  • 29 jan 2017

    5 DICAS DE DORAMAS

    Oi gente *-*

    Hoje vim trazer para vocês mais 5 dicas de doramas pra quem AMA um drama coreano.

    Bom, já fiz esse outro post porém em versão de vídeo – e vou deixar o link aqui caso alguém tenha interesse. Mas antes de começar o post, pensei em falar um pouquinho de como conheci e me apaixonei pela Coréia do Sul.

    Comecei a conhecer a Coréia através de k-pop. Fazia um tempo que ouvi uma música da boyband Big Bang. Porém, sabe quando você ouve e deixa passar? Foi isso que aconteceu: ouvi, achei legal e deixei pra lá. Um certo dia, estava procurando alguma coisa diferente para assistir na Netflix, e eis que surgiu o dorama Boys over Flowers. Li a sinopse do primeiro episódio, e achei divertido e então, comecei a assistir. Pronto! Viciei.

    Achei o drama muito engraçado, e não consegui parar de assistir. Lembrei que havia escutado a música, o famoso k-pop e então, procurei a banda. Nisso, fui entrando ainda mais nesse mundo de dramas, k-pop, e mergulhei com tudo na cultura coreana. Sempre tive um amorzinho com relação à animes e também mangás. Mas com a correria do dia a dia deixei de lado. Porém, com a Coréia foi diferente. Me vi totalmente envolvida com os personagens: me apaixonei perdidamente por bandas. Conheci também o grupo de Dorameiros no Facebook e foi aí que não consegui sair mesmo dessa vida. Digo que a Coréia do Sul não me apresentou apenas as maravilhas do país, mas me apresentou à amigos maravilhosos e sou muito grata.

    Depois pra quem tiver interesse, faço um apanhado geral de músicas, filmes e dramas que já assisti até hoje. Mas vamos as dicas, não é mesmo?

    GAP DONG

    Esse drama foge totalmente do estilo de drama que estou acostumada a acompanhar. O drama nos traz uma temática totalmente voltada para suspense, policial e mistério. E além disso, temos a figura de Serial Killer. Na época que ouvi sobre o drama, estava acompanhando um de mocinhas todo romântico, haha e simplesmente larguei para assisti-lo. O drama mostra duas amigas que estão ”fugindo” de casa, e em uma estrada, um homem misterioso se aproxima e pega as duas para matá-las – detalhe que o cara já estava sendo investigado, porém a polícia não conseguia pegá-lo. As duas amigas estão totalmente assustadas, e ele manda as duas tirarem cara ou coroa para ser quem iria viver e quem iria morrer. A que tirou coroa e pensou que iria viver, acaba frustrando suas expectativas, a partir do momento em que Gap Dong confessa que também irá matá-la. AI JESUS! Só de lembrar, já me dá um Heart Attack. Enfim gente! Ele não consegue executar a menina, e um menininho aparece e ele não consegue matá-la. Então, a polícia consegue prender um senhor inocente, coitado e acham ser ele o verdadeiro Gap Dong. Anos se passam, e Gap Dong está de volta D: e resolve atormentar novamente a nossa querida mocinha :'(

    Quase morri com a reviravolta que o drama nos proporciona. Pra quem gosta de mistério e suspense, acredito que vale a pena dar uma chance para esse drama maravilhoso. Além da atuação impecável do Lee Joon? Confesso que não o conhecia até o drama – as meninas do grupo do whatsapp falavam muito bem dele, e eu resolvi assistir ao drama por conta das indicações. Me apaixonei, rsss. Cada cena um tiro.

     

    SHINING INHERITANCE

    O que dizer desse drama que me fez querer entrar e bater com todas as minhas forças na cara do menino? Gente! Pelo amor de Jeová! As mocinhas em dramas sempre sofrem. Mas essa superou todas as minhas expectativas. Acho que esse foi o maior drama que já acompanhei: são 28 episódios. O drama conta a história da Eun Sung, uma menina que tem uma boa posição por conta de sua família, porém perde tudo. Acaba conseguindo uma segunda chance em sua vida, e além de cuidar de si mesma, deve cuidar de seu irmão autista. Mas a nossa personagem principal é jogada para fora de casa juntamente com seu irmão pela ”maladrasta”.  Para melhorar as coisas para a nossa querida Eun Sung, seu irmão se perde e ela fica sem rumo. Acaba ajudando uma senhora que para a sua surpresa, é uma senhora multimilionária. Essa vozinha vê a situação de nossa protagonista, e resolvi tirar seu neto da Herança, deixando assim, nossa mocinha como herdeira principal. O drama dá muitas reviravoltas! Eu me vi chorando em todos os episódios, sério. Pra quem não gosta de chorar/sofrer, peço que não assistam esse drama por agora – porque a mocinha só consegue momentos de felicidades nos 4 últimos episódios eu acho. Mas vale supera a pena dar uma conferida nele <3 mesmo com todo sofrimento, eu amei demais o drama.

    ANGRY MOM

    Acabei de crer que só assisto dramas com sofrimento no meio, credo. Mentira, haha. Esse drama trás a história de uma menina que sofre bullying com sua amiga na escola. Só que acontece algo com a amiga, e a menina continua sofrendo as consequências da escolha da amiga. Quando a mãe descobre o que está acontecendo, a mesma começa a se passar por uma colegial – porque ela tem cara de novinha kk – e começa a defender e desvendar os mistérios da escola. GENTE! Pensa em um drama que chorei de rir, mas também chorei por ver o sofrimento das personagens. Além disso, o drama trás como temática não apenas o bullying nas escolas coreanas, mas também sobre suicídio, abuso de incapaz corrupção. 

    KING HIGH SCHOOL

    Gente! Pensa em um drama mais leve em comparação aos três citados à cima, e com uma pega muito hilária que você tem vontade de assistir todos os dias? Então é esse. O drama trás a história de um estudante do ensino médio que é jogar em ascensão de hóquei. Ele tem um irmão 9 anos mais velho que ele, porém os dois são muito parecidos. Misteriosamente o irmão liga para o mais novo, e pede para que o mesmo vá até seu novo emprego trabalhar em seu lugar. O mais novo, atendendo ao pedido de seu hyung, acaba aceitando e indo. Gente! As situações em que o nosso personagem principal se mete são tão engraçadas, porque ele precisa ser um estudante do ensino médio jogador de hóquei e um gerente na empresa que o irmão trabalha.

    NOBEL, MY LOVE

    Por fim, porém não menos importante é um ”mini drama”, muito fofo que vale  super  a pena conhecer. Nobel, my love trás a mocinha como veterinária <3 uma profissão pouca explorada nos dramas. Ela salva o nosso personagem principal, e assim começa o romance dos dois. Temos é claro, a figura do famoso triângulo amoroso que os dramas amam colocar. Mas logo de cara shippamos os dois e está ótimo.

     

    Bom gente, essas foram as minhas dicas de doramas. Dicas essas de dorameira para dorameiros – e até mesmo para aqueles que ainda querem conhecer melhor esse mundo. O vídeo que falei sobre outros dramas é 5 DICAS DE DORAMASEspero que vocês tenham gostado e até o próximo <3

    P.S: não consegui colocar imagens, pois o WordPress está de zoeiro comigo ultimamente, rs. 

  • Dicas
  • 26 jan 2017

    Viagem para Gramado

    Ei pessoal! Tudo bem?
    Hoje resolvi trazer um post diferente pra vocês ❤ Na verdade, gostaria de pedir desculpas pelo sumiço, viu? Fiquei uma semana em Gramado/RS, e acabei não postando nada. Levei dois livros + o Kindle pra ler. Vocês leram? Porque eu não, haha. Pensei que conseguiria pelo menos antes de dormir, mas andei e aproveitei tanto a cidade, que acabei não tendo tempo para ler, haha.
    Bom, pra quem ainda não conhece a cidade, vou deixar alguns dados sobre Gramado, e contarei minha experiência como a primeira viagem grande que fiz em família – sim, não viajamos muito, e depois dessas férias, tiramos como lição que devemos sim aproveitar todos os momentos em família, e isso inclui viajar mais ❤
    INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
    Gramado é um município do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil. Localiza-se na Serra Gaúcha, mais precisamente na Região das Hortênsias, a uma latitude 29º 22′ 44″ sul e a uma longitude 50º 52′ 26″ oeste, estando a uma altitude de 830 metros. Sua população estimada em 2013 é de 34 110 habitantes. Possui uma área de 237,019 quilômetros quadrados. Seu principal acesso se dá através da RS-115, embora também seja atendida pelas rodovias RS-235 e RS-373.
    Sua demografia é etnicamente variada, com forte influência alemã e italiana, o que se reflete especialmente na culinária e na arquitetura urbana e rural. Com uma economia voltada ao turismo, a cidade recebe, anualmente, cerca de milhões de turistas nacionais e estrangeiros.
    Gramado/RS

                                               Site: Por aí de Mochila
    Bom gente, minha experiência em Gramado é: quem tiver a oportunidade de visitar a cidade pelo menos em alguma temporada, vá! Vale super a pena a experiência. Pegamos a temporada do Natal Luz *-* pensa em uma cidade que você respira o Natal? É lindo demais! Todos os dias tem programações na cidade, além de vários passeios que você pode estar fazendo.  Infelizmente tirei poucas fotos da cidade. Sim! Esqueci minha câmera em casa, e acabei levando apenas o celular. E não tem como: paguei de blogueirinha mesmo, haha. Tirei várias fotos pessoais – não tem como uma foto ficar feia nessa cidade, gente.

     

    Fiquei hospedada em uma pousada muito fofa: Hotel Pequeno Bosque. Ela é uma delícia, e além do café da manhã ser maravilhoso, hehe. Além disso, a pousada é super localizada, e dá pra ir andando para o centro de Gramado – acho que não engordei, pelo fato de andar a mesma proporção que eu comi kkk.

    Disseram que estava fazendo bastante calor esses dias por lá, e em nosso primeiro dia, pegamos uma noite assim: neblina total. Gramado é um tanto quanto louco, haha. Minha mãe disse que você tem todas as estações em um único dia. O restante da semana, fez muito calor, mas a noite esfriava bem pouquinho – mas pra capixaba qualquer vento é frio, então não posso dizer a vocês se fez ou não frio.

    Visitamos também o Parque das Lavandas. Pensa em um lugar cheiroso? Parecia o jardim do livro O Jardim Secreto. O rapaz que estava conosco disse que o local é uma propriedade, onde o proprietário abriu para o público. Um dos lugares mais cheirosos que já fui na vida, sério. Muito gostoso! Além disso, a entrada toda de Gramado tem Hortênsias gente! Ou seja, amor ao quadrado.

     

    Visitamos também alguns Museus, como o Mundo do Vapor e o Museu de Cera. Conhecemos a Fábrica de Perfumes, O Mundo dos Cristais, Mini Mundo e o Lago Negro.

    Além dessas experiências, podemos conhecer ainda a Snowland: o maior parque de neve artificial da América Latina. No dia em que estávamos lá, se eu não me engano, estava em -5º negativo, haha. E pra quem deseja tomar um chocolate quente lá dentro, prepare-se: pois na hora em que tomei, parece que fiquei com mais frio kkk.

    P.S.: como minhas mãos doeram quando larguei essa neve, viu? haha.
    Eu, Talita, tive uma maravilhosa experiência em Gramado. Amei tudo! A população é muito simpática, muito receptiva. Parecia que estávamos em outro país, sério. Uma coisa que me chocou por completo: a cidade não tem semáforo. Isso mesmo! Eles utilizam apenas as rotatórias e faixa de pedestres. Você não encontra lixo pela cidade e também não encontra mendigos por lá. Fiquei muito encantada com tudo! E é por isso que indico Gramado para quem deseja sair um pouco da correria do dia a dia e conhecer um pedacinho da Alemanha/Itália aqui em nosso país.

  • Dicas
  • 24 nov 2016

    Elenco dos Sonhos – A Seleção

    Ei gente! Sou oficialmente apaixonada pela série de livros A Seleção da Kiera Cass.

    Confesso que quando vi o livro pela primeira vez na Saraiva, achei a capa incrível, mas acabei não comprando. Depois de ler algumas resenhas no blog da Melina Souza e da Pâm, resolvi me entregar ao livro, e então comprei A Seleção e A Elite no site da Submarino.

    Assim que entrei de férias, peguei a Seleção para ler, e não consegui largá-lo até terminá-lo de fato. Sim, eu virei a noite lendo esse livro, haha. Fiquei tão apaixonada pela distopia criada pela autora, que não quis acreditar que já estava terminando de lê-lo.

    Prometo que vou fazer uma resenha sobre o livro, mas hoje estou aqui para falar algo muito sério com vocês. Um tempo atrás disseram que a CW estava pensando em fazer um seriado sobre o livro, e até surgiu alguns nomes para o elenco – depois já falaram que a série foi cancelada. Mas o post de hoje não tem problema se vai ou não ter o seriado – se bem que se tivesse, eu ficaria louca para assistir! Além disso, esse post é do meu antigo blog, e fiz duas alterações no meu elenco para mostrar nesse post pra vocês.

    Como estou reorganizando o blog na nova plataforma e nova roupagem, resolvi migrar esse post antigo de lá, e trazê-lo juntamente com algumas alterações.

    E foi assim que eu resolvi montar o meu elenco para o seriado, haha. *abusadinha*, e gostaria que vocês dessem a opinião de vocês sobre o elenco, e sobre o livro ♥.

    America Singer 

    Não tem como pensar em ruiva melhor para interpretá-la! A Deborah Ann (Jessica Hamby em True Blood), em minha humilde opinião seria perfeita para o papel. Sempre que penso na America, penso na Deboha, sério.

    Maxon Schreave – O príncipe

    Sim, Drew Van Acker, eu vou te roubar de Pretty Little Liars e coloco como o príncipe Maxon! Não estou nem ai, serei com certeza sua eterna súdita, haha. Eu fiquei com várias dúvidas antes de definir o Príncipe, mas acredito que ele seria o meu príncipe IDEAL!

    Aspen 

    15151101_1213465068689464_722026209_n

    No primeiro ”Elenco dos sonhos”, havia colocado o Paul Wesley como Aspen. Muitas pessoas gostaram da ideia, mas disseram algo que faz sentido: ele já está muito visado como Stefan. Então, peguei uma dica das meninas, e coloquei para vocês decidirem entre: Paul Wesley e Liam Hemsworth.

    May Singer 

    Eu acredito que a Sophie Turner (Sansa Stark – Game of Thrones) seria perfeita para a irmã da nossa querida America. Ela tem uma delicadeza incrível, sabe? E como no livro a descreve parecida com a America, acredito que seria bem legal e incrível ela em meu elenco ♥.

    Marleen Tames

     

    Se é para conquistar, que seja a Amanda Seyfried. Cara, ela é perfeita demais! Para a Marlee, fiquei em dúvida entre ela e a Blake Lively, porque vamos combinar que ambas são perfeitas para o papel. Mas acabei escolhendo a Amanda, porque eu acredito que ela além de linda, passa a imagem de uma pessoa fofa, como nossa querida Marlee é :3

    Celeste Newsome 

    Se é para conquistar, conquista logo! Acho que o papel seria perfeito para a Mila Kunis – porque além de perfeita, ela é uma ótima atriz. Sou apaixonada por todos os personagens que essa mulher já fez, meu Deus! Ela é perfeita demais, SOS.

    Rainha Amberly 

    15174645_1213471452022159_1925429580_n

    Sempre que vejo a Amy Bailey e vejo uma mulher fina, elegante e com isso, pensei nela como a Rainha. No primeiro elenco, coloquei a Kelly Rutherford e muita gente comentou que a rainha é morena – sério, havia esquecido desse detalhe. E, como não consegui ainda pensar em uma atriz que eu goste morena clara, optei pela Amy Bailey. Ela interpretou a rainha Kwenthrith da Mércia na série Vikings.

    Gavril Fadaye 

    Não sei, mas sempre que penso no Gavril, penso no Stanley Tucci. Acredito que seja por seu incrível talento! Eu admiro muito o trabalho dele, e como em Jogos Vorazes ele fez o papel de apresentador, pensei em colocá-lo aqui também.

    Então galerinha, esse foi o meu principal elenco do livro A Seleção. Assim, espero que tenham gostado, e caso queiram acrescentar mais alguém, só colocar nos comentários. Gostaria de saber a opinião de vocês, e qual seria o seu elenco. 

    Beijos no

  • Dicas
  • 16 nov 2016

    D.I.Y – Caderninho

    Olá, meninas!

    Faz bastante tempo que não posto por aqui, não é mesmo?
    Hoje vim ensinar – tentar pra ser mais exata – um D.I.Y para vocês.
    Esse caderninho é um que comprei na Saraiva há bastante tempo já. Na verdade, veio um kit com três caderninhos de capa mole, e eu achei um amor quando vi. Infelizmente não tenho os outros dois, porque na mudança a caixa onde eles estavam se perdeu 🙁
    Mas enfim…
    Esse caderninho usei apenas quatro materiais:
    2 folhas de papel de Scrapbook
    1 Cola
    1 WashiTape
    Sim, apenas esses quatro materiais!
    1) Passo: você escolhendo o tipo de papel que irá usar, basta posicionar o caderno no meio exato dos dois papéis, e colar.
    2) Passo: na lateral passei washitape escolhida.
    Simples, não é mesmo?
    Esse foi o resultado do meu caderninho personalizado.
    Espero que vocês tenham gostado ^^
    Até a próxima :* 
  • Dicas
  • 5 set 2016

    Comprinhas de Agosto/Setembro

    Ei pessoal! Tudo bem com vocês?

    Hoje gostaria de postar pra vocês algumas comprinhas que realizei nesse finalzinho de Agosto – sei que já estou atrasada, pelo simples fato de hoje já ser 05 de Setembro, haha.

    E nessa comprinha, ainda está para chegar meu livro de coreano e mais dois batons da Kylie <3

    Mas, por enquanto, vou postando esses itens que já chegaram, e assim, vocês podem me dar um feedback. Com relação ao batom da Kylie que estarei postando a imagem a baixo, a cor que escolhi foi a Exposed – estou testando tem uns 4 dias já, e já já prometo uma resenha bem legal pra vocês.

    Além do batom, também comprei um iluminador da BECCA – e estou há 4 dias também testando o mesmo – confesso que está superando minhas expectativas.

    14218390_1144118225624149_1035418628_n
    Nesses quatro dias de teste, estou totalmente apaixonada pela textura do batom. Não queria dar muitos detalhes, pois prometo uma resenha bem legal com relação ao Exposed – e assim que os outros dois chegarem, vai ficar bem legal mesmo e espero que vocês gostem.

    Confesso que sou uma pessoa apaixonada por livros. Entretanto, já havia algum tempo que minha prima comentou comigo sobre os livros da Carina Rissi, e eu gostei bastante. Sempre que ia na Saraiva de minha cidade, nunca encontrava os livros – apenas o Encontrada. Até que o site da Saraiva fez uma mega promoção, e consegui comprar cada um por R$17,60 reais 😮

    14256768_1144118232290815_641475434_n
    Não pude deixar essa oportunidade passar, não é mesmo? E, juntamente com os três livros da Carina Rissi, comprei Menina de Vinte, da Sophie Kinsella. Ainda não comecei a ler, pois tenho vários livros na frente dos quatro :/
    14269283_1144118235624148_1008933186_n

    Mas estou super ansiosa para começar com Menina de Vinte. Dizem que é um dos melhores livros da Kinsella, será? Até hoje só li O Segredo de Emma Corrigan, e morri de rir. Me disseram que Menina de Vinte é um ótimo livro que encontrarei diversão garantida.

    E ai? Vocês já leram algum desses livros?

    Espero um feedback de vocês 🙂