TAG: funko
  • Desafio Literário
  • 20 nov 2016

    Desafio Literário

    Oi, pessoal!

    Hoje resolvi trazer pra vocês o projeto literário que estou participando. Que é o #desafioliteráriolivrosmarina. Esse desafio é semanal e composto por diversas categorias onde podemos mostrar um pouquinho sobre nossa história com os livros, e ainda, postar fotos bem fofas e lindas no Instagram.

    E hoje é o dia 17. Top 3. Como não sabia de qual top 3 estávamos falando, resolvi fotografar os 3 livros que estou gostando bastante esse mês. Os escolhidos foram:

    Anjo Mecânico – Cassandra Clare

    15134512_1210756038960367_205214197_n

    Vou confessar algo pra vocês: não sou fã de Cassandra Clare. Ainda não consegui ler os livros de Instrumentos Mortais, e me sinto uma pessoa fora da realidade, pois muita gente gosta bastante dos livros. Mas posso adiantar de antemão que me apaixonei pelo universo das peças infernais. Li para um evento de Steampunk Clube do Livro de meu estado, e me encantei pela história de Tessa, Will e Jem. Espero que consiga dar uma chance para Instrumentos Mortais, e me encantar também pelos livros.

    Histórias de Hogwarts – Pode, Política e Poltergeists Petulantes

    15175595_1210756045627033_743204179_n

    Não sei se já falei por aqui mas sou uma fã assumida do mundo mágico do nosso bruxinho queridinho. Quando descobri o e-book com as histórias de nossa querida escola mágica, fui obrigada a comprar – confesso que foi o primeiro livro no meu kindle <3 E olha: mais uma vez minha autora favorita não me decepcionou <3 J.K Rowling dá um show quando o assunto é escrever.

    Maleta de Criaturas

    15151069_1210756055627032_1387669103_n

    Finalmente meu último livro porém, não tirando a sua grandeza, haha. Como já disse, eu sou apaixonada pelo mundo mágico, e não seria diferente com o livro de Animais Fantásticos. Então, pra quem ainda não assistiu ao filme, recomendo que vá o quanto antes, e tem post aqui no blog sobre o filme aqui. Além disso, esse livro está impecável: fotografia perfeita, com brindes lindos que todo do mundo mágico merece ter em sua estante.

    15135647_1210756048960366_765362460_n

    Vem dois posteres: um do Newt e o outro da Porpentina <3 além de vários outros brindes nos remetendo mais uma vez ao incrível filme que está nos cinemas.

    E esse foi o meu Top 3 do desafio literário. Espero que vocês tenham gostado!

     

  • Resenhas
  • 16 nov 2016

    Resenha: Para Todos os Garotos que Já Amei

    Título: To All The Boys I’ve Loved Before – Para Todos os Garotos que Já Amei
    Autor (a): Jenny Han
    Editora: Intrínseca
    Ano: 2015
    Onde comprar: Saraiva, Submarino, Amazon.
    Classificação: 5/5

     

    Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

     

    Confesso que não conhecia a autora, e me apaixonei e julguei o livro pela capa. No começo pensei que fosse apenas mais um romance bobinho, onde encontramos uma protagonista chatinha, em dúvida sobre dois garotos, tendo assim o famoso triângulo amoroso. Resolvi dar uma chance ao livro, e pronto: me apaixonei pela história. Os personagens são tão cativantes, que quando a história termina, você não sabe mais o que fazer: se começa a ler de novo, se pega outro livro que acaba deixando de lado por ter se envolvido tanto com a história da Lara Jean, haha. O livro é sim aquele famoso clichê que estamos acostumadas (os) sobre romance, mas acaba sendo um clichê tão gostoso e tão divertido, que você não se importa em já deduzir todos os próximos capítulos.

    As sensações que o livro me proporcionou foi de querer voltar a época da adolescência e reviver tudo como Lara Jean vive no livro. Lembro-me de escrever cartinhas de amor para os meninos que eu gostava, mas diferente da protagonista, algumas cartinhas eu mesma entreguei kkk.

    A história conta sobre os romances – mesmo que platônicos – de Lara Jean, uma típica adolescente passando por todas as fases em que nos encontramos ou já passamos. A personagem é a irmã do meio da família, e tem como irmã mais velha a Margot – um exemplo de responsabilidade, inteligente, e até certos momentos, ‘’perfeita’’ –  e a mais nova a Kitty: uma criança que não parece nada com uma criança. A Kitty é um amor, mas em muitos momentos, é aquela típica irmã mais nova que você faz de tudo por ela, haha e elas moram com o pai, pois a mãe havia falecido, e com isso, acabam que são apenas as três juntamente com o pai que faz de tudo por elas. A relação familiar deles é muito bonita de ser lida, e começamos a ter uma nova noção do que irá acontecer, quando Margot resolve ir estudar em uma faculdade no exterior, e as responsabilidades que ela assumia, passa então para Lara Jean – uma vez que a mesma nunca precisou assumir tantas responsabilidades com a rotina da casa, levar a Kitty para a escola e lugares e etc, fazendo com que a nossa protagonista fique com medo de não conseguir realizar com tanta destreza como a irmã.

    E no meio desse turbilhão de coisas que estão acontecendo em sua vida, ela tem as suas cartas misteriosamente enviadas pelos correios, para os cinco garotos que um dia ela já amou. Com essa bagunça e novas responsabilidades assumidas, Lara Jean terá que saber lidar com todos os novos acontecimentos em sua vida – e querendo ou não, se tornar mais madura. O cativante na história é ver o crescimento e amadurecimento da personagem ao longo dos capítulos, vendo assim, a relação de amor e ódio com Kitty, e se tornando cada vez mais responsável em todas as áreas de sua vida. Além disso, depois que as cartas começam a finalmente serem entregues aos garotos, a personagem tem um plano juntamente com um dos garotos de começar um namoro fake. Só que os dois não tem nada a ver um com o outro, e uma vez que o namoro começa, a autora traz e mostra que as aparências enganam sim.

    Nesse contexto, estaremos diante de um romance para lá de fofo, com direito a fazer ‘’awwwn’’ em várias cenas do livro, além de nos emocionar em tantas outras. Assim sendo, o livro é tão gostoso, que você acaba de ler em um piscar de olhos, pedindo por mais Lara Jean. A escrita na autora é muito boa, fazendo com que seja bem fluída e você não tem vontade de fazer mais nada – só ler sobre a personagem.

  • Dicas
  • 16 nov 2016

    D.I.Y – Caderninho

    Olá, meninas!

    Faz bastante tempo que não posto por aqui, não é mesmo?
    Hoje vim ensinar – tentar pra ser mais exata – um D.I.Y para vocês.
    Esse caderninho é um que comprei na Saraiva há bastante tempo já. Na verdade, veio um kit com três caderninhos de capa mole, e eu achei um amor quando vi. Infelizmente não tenho os outros dois, porque na mudança a caixa onde eles estavam se perdeu 🙁
    Mas enfim…
    Esse caderninho usei apenas quatro materiais:
    2 folhas de papel de Scrapbook
    1 Cola
    1 WashiTape
    Sim, apenas esses quatro materiais!
    1) Passo: você escolhendo o tipo de papel que irá usar, basta posicionar o caderno no meio exato dos dois papéis, e colar.
    2) Passo: na lateral passei washitape escolhida.
    Simples, não é mesmo?
    Esse foi o resultado do meu caderninho personalizado.
    Espero que vocês tenham gostado ^^
    Até a próxima :*