TAG: ligação
  • Precisamos Conversar Sobre:
  • 18 nov 2017

    Se bater saudade…

     

    Foto: Pinterest

    Cê jura que me liga? Mesmo que seja pra ficar em silêncio. Apenas pra ouvir a sua respiração. Apenas pra saber que você está aqui. Que não foi embora. Disse e prometi a mim mesma que te aceitaria como um amigo – mas não tenho real certeza se irei aguentar vê-lo seguir em frente e me deixar pra trás.

    É difícil ficar perto de você e segurar a vontade de te beijar, de te tocar como mulher. De compartilhar aventuras ao seu lado. Aquela sensação de que a qualquer momento, alguém pode chegar e ver a gente em uma situação constrangedora. É chato imaginar que você está com ela. Seguindo sua vida com ela – e eu aqui, apenas imaginando vocês dois.

    A real é que quero apenas chegar na sua casa, te ligar e dizer: ei, vem cá que tô com saudade de você. Não me importo de ferir e engolir meu orgulho pois quero apenas sentir toda intensidade depositada no que tivemos. Sair sem preocupação, sem se importar se vamos nos envolver ou não.

    Mas a grande verdade dessa coisa de não se envolver, é que no final, alguém vai se envolver. E o grande problema é que eu me permiti me envolver – e você não estava disposto a sentir. A tentar. Não estava disposto a se entregar. Então, mesmo com os sentimentos presentes aqui dentro, saiba que, com essa puta química que puxa um para o outro, eu resolvi seguir. Resolvi deixar meus sentimentos de lado mais uma vez, e me permiti tê-lo ao meu lado apenas como um bom amigo. 

    Porém, só preciso que você me prometa uma coisa: que vai querer me ver de novo e vai me ligar de madrugada.